Vender online pode ser mais simples do que você imagina

Vender online é simples, mas precisa de muito planejamento

Segundo dados divulgados pela revista Consumidor Moderno, em 2019, o e-commerce teve alta de 37%. Esse dado mostra duas possibilidades: a primeira é que, cada vez mais, os empresários tem incluído a loja online como estratégia ao seu negócio físico; já a segunda é o fato de que mais empreendedores têm visto na internet uma alternativa de renda.  

Já abordamos diversas vezes aqui no blog quais são os benefícios de incluir a loja online na estratégia de crescimento do seu negócio. Também já falamos sobre como o e-commerce pode significar um aumento de renda. 

Agora, chegou a vez de falarmos sobre quão simples é vender online e como você pode começar isso com um custo baixo e em pouco tempo. É essencial que se estude as estratégias para o novo negócio e que se planeje ações para que a iniciativa gere lucratividade.  

Para te ajudar nessa empreitada, a RSC Inovação separou alguns tópicos para você entender a dinâmica de uma loja online e saber o quanto os processos podem ser fáceis e positivos para a sua empresa.  

Comece definindo o seu público alvo 

Como todo projeto, antes de tudo é indispensável montar um planejamento de ações. Para vender online não é diferente. Um dos primeiros passos do e-commerce é definir o público alvo.  

Isto é, entender quais as pessoas devem ser impactadas com o seu negócio. Não adianta querer vender produtos para um tipo de público sendo que ele não é consumidor do que você vende.  

No caso da loja física, o empresário delimita a faixa de atendimento de acordo com a localização do comércio. No caso da loja online, a localização não é um fator tão necessário, pois, por ser online, ele tem a possibilidade de atender várias regiões. 

Portanto, o mais lógico é definir um tipo de público consumidor principal e, depois, ir afunilando até chegar ao público mais específico, que o dará mais chances de ter sucesso no negócio. 

Uma estratégia bastante usada por muitos empresários é a pesquisa de opinião. O uso de questionários é bem simples e você pode usar sua própria rede de clientes para ter o direcionamento de qual público trabalhar.  

Provavelmente, você deve ter uma lista com o contato dos clientes que compram na sua loja. Então, use ela como base e peça que eles respondam a uma simples pesquisa de opinião. Não há problema algum em dizer que está planejando vender online.  

Inclusive, quando solicitar o preenchimento, ofereça futuros descontos na loja virtual. Assim, além de mapear o público alvo, você vai angariar clientes para o seu novo negócio.  

Para quem ainda não tem uma loja física, a dica é usar as redes sociais. Lá você vai achar pessoas dos mais variados tipos e isso pode ser melhor para você. Portanto, faça o questionário, compartilhe e peça que seus amigos compartilhem também.  

Quanto mais gente compartilhar, mais pessoas serão mapeadas. Quanto mais dados você tiver posse, melhor será o seu mote de dados para estratégias e, logicamente, para resultados.  

Escolha a plataforma ideal para vender online

Escolher a plataforma que vai receber a loja online talvez seja a decisão mais determinante nesta jornada. É ela quem vai dar todo o suporte necessário para que as vendas sejam efetivadas.  

Atualmente, existem milhares de empresas que fornecem esse serviço, mas cada uma tem a sua particularidade e, antes de contratar, entenda o que é melhor para você, para o seu negócio e para o seu público alvo.  

Escolher a plataforma não é uma decisão fácil e demanda muito estudo. Estudo de mercado, de alternativas e de soluções inovadoras. É inútil optar por um serviço que possua muitas ferramentas, mas que nenhuma delas funcionem com totalidade.  

Diante disso, é fundamental ver cases de sucesso das empresas que se pesquisa. Portanto, não tenha medo de pesquisar, de perguntar ou de comparar as alternativas do mercado. 

Também é imprescindível escolher por plataformas ágeis, fáceis de usar e que disponibilize muitos recursos para que use em sua loja. Isso inclui, por exemplo, a integração com outros sistemas, como de logística, que pode vir a ser uma demanda sua.  

Em geral, as plataformas possuem assinatura mensal, que, além da estrutura de vendas, dispõe de suporte completo os lojistas e para os clientes. Por isso, ao escolher o serviço que vai hospedar sua loja, leve em conta este e outros fatores, como o atendimento inicial, que deve ser ótimo para que você consiga confiar na plataforma e fechar o negócio.  

Agora divulgue sua loja 

Divulgar a loja online é o primeiro passo para as vendas. Depois de pronta a plataforma, o lojista precisa mostrar para as pessoas os produtos que a sua loja vende e quais são os benefícios de se comprar nela.  

Montar uma estratégia de construção de marca é um dos pontos principais para começar a vender online. Essa estratégia deve conter detalhes de sua empresa e um planejamento de ações para vendas.  

Se você tem um ponto físico, comece a divulgação por ele mesmo. A mesma lista de contatos usada para fazer a pesquisa de opinião, deve ser acionada para divulgar a loja pronta.  

Inicialmente, para alguns lojistas, pode ser difícil integrar a loja virtual com a loja física, mas é preciso que isso aconteça. Já falamos aqui várias vezes dessa integração porque ela tem potencial para impulsionar as vendas no e-commerce. Exemplo disso são os grandes varejistas que usam o recurso “compre online e retire na loja”.  

Para quem ainda não possui a loja física – e também para quem possui –, as redes sociais são determinantes. Por isso, crie um perfil para a sua marca no Facebook, Instagram, Twitter e em qualquer outra mídia que sejam interessantes para o seu público – inclua isso no seu mapeamento. 

No caso do WhatsApp, ele pode ser usado para atendimento dos clientes e, até, dentro da sua disponibilidade ou de seus funcionários, ser uma ponte de contato e informações de pedidos. Nele é possível criar um perfil empresarial, exclusivo para a seu negócio.  

O fato é: use a tecnologia a seu favor. Pesquise maneiras eficientes de posicionar a sua marca no mercado e ser bastante competitiva com empresas concorrentes. É preciso mostrar aos clientes que sua empresa tem o que eles precisam e que seu atendimento é excelente.  

Existem também diversas técnicas do Marketing Digital simples que podem ser incorporadas à loja virtual para que ela ganhe visibilidade na internet. O Marketing deve ser seu aliado em todas as etapas do processo de vendas online. Portanto, sempre recorra a ele para solucionar seus problemas.   

Além disso, tendo em vista o seu planejamento inicial, para ganhar visibilidade nas redes sociais, é possível pagar por anúncios patrocinados. Ou seja, paga-se um valor à determinada mídia e ela vai destinar anúncios para um público bem específico, aquele mesmo que foi traçado na primeira fase.  

Essas são dicas simples que podem te ajudar a começar a vender online. A RSC possui uma plataforma indicada para lojistas iniciantes. Estamos à disposição para tirar todas as suas dúvidas e te ajudar nesse novo negócio. Por isso, fale agora com um de nossos consultores e comece já a planejar o aumento da sua renda. 

link ebook

Wesley Santana

Jornalista, redator de Tecnologia e pesquisador de Ciberativismo.

Você pode gostar...