Com o dia das crianças chegando, veja como preparar sua loja online

O dia das crianças é uma das datas mais importantes para o comércio brasileiro e para as lojas online

Uma estimativa da Abrinq (Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos) para este ano deixou muitos lojistas felizes. Apesar da pandemia do novo coronavírus, o setor de brinquedos espera um crescimento de 3% para 2020.

Para muitos, a princípio, esse número pode parecer pequeno, mas, considerando que 65% das vendas desta categoria são feitas próximas ao dia das crianças, a estimativa das vendas fica bem melhor, pois isso significa que mais vendas estarão concentradas nesse segundo semestre.

Em geral, datas sazonais são bem empolgantes para o comércio. O dia das mães, dia dos pais, natal, ano novo, todos esses dias permitem que os lojistas vendam ainda mais, aproveitando o interesse das pessoas por presentear seus entes queridos.

Para os brasileiros, assim como existe a Black Friday nos EUA, temos a Semana do Brasil, que é realizada anualmente, no início do mês de setembro.

No caso do dia das crianças, a compra de produtos não se restringe aos brinquedos, como retratou a pesquisa, outras categorias são beneficiadas pela data: vestuário, lazer e, agora, em tempos de tecnologia, os eletrônicos.

Por isso, hoje a RSC Inovação vai falar sobre como você pode aproveitar o dia das crianças, que é comemorado no dia 12 de outubro, para aumentar o faturamento da loja online e conquistar mais clientes. Se o público-alvo da loja não é próximo dos pequenos, não se preocupe, pois, essas dicas podem ser aplicadas em outras datas do ano.

Pesquise por produtos de interesse

O primeiro passo para vender qualquer coisa em uma loja é pesquisar. Essa pesquisa envolve o comportamento do público, quais são os principais interesses deles, quais são as soluções inovadoras que o mercado tem apresentado etc.

Recentemente, a Amazon divulgou uma lista com os 10 brinquedos mais vendidos na plataforma no ano de 2019. Nesta lista há itens para todas as idades, gostos e comportamentos.

Mas não é preciso ficar restrito a ela na hora de vender para crianças. Há outros portais que se pode pesquisar produtos. O site do Sebrae, por exemplo, tem diversas informações bem abrangentes sobre cada perfil consumidor.

É importante lembrar que você precisa ter uma cota de investimento para este período. Isso porque, captar novos clientes resulta em criar um estoque, mesmo que ele seja pequeno e somente para o início.

Uma dica nesse sentido é começar vendendo itens próximos dos que já são de costume. Então, se a sua loja online tem foco nem roupas masculinas, vale a pena começar a vender para meninos.

Siga as regras de publicidade infantil

Há alguns anos, os comerciais de produtos infantis são bem menos frequentes na TV. Quando aparecem, o senso apelativo das veiculações não são como eram antigamente.

A razão disso é que fazer propaganda direcionada ao público infantil precisa seguir algumas regras criadas pelo CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) e pelo CDC (Código de Defesa do Consumidor).

Aproveitar o dia das crianças é uma ótima maneira de aumentar o faturamento. No entanto, antes disso, o lojista precisa se precaver de problemas judiciais e, ainda, respeitar o bem-estar social e das crianças.

Por isso, além de ter atenção aos artigos do CDC que tratam da publicidade direcionada às crianças, como o artigo 37, o empreendedor precisa buscar mais informações sobre as melhores práticas para conseguir atingir esse público.

Por isso, a Associação Brasileira de Agências de Publicidade preparou um e-book com todos os dados detalhados para servir de amparo a quem deseja realizar campanhas que visem vender produtos infantis.

Entre as regras estão a proibição de impor noção de consumo às crianças; atenção a exposição dos adultos à situação de constrangimento; impedimento de veiculações que usem o modo imperativo; respeito à ingenuidade das crianças; entre outras.

Enquanto empresário, o lojista precisa considerar que ele deve ter responsabilidade social e que a educação das crianças não é uma exclusividade dos pais, mas de toda a sociedade.

Use as redes sociais

As redes sociais sempre serão braços de uma loja online. Em datas festivas, como o dia das crianças, isso não vai ser diferente. Nesse caso, o lojista precisa pensar em uma comunicação voltada aos pais, às crianças e a outras pessoas deste círculo que querem presentear.

Para esses períodos, a melhor estratégia é ambientar o perfil nas mídias sociais com temas relacionados a eles. Então deixe a página colorida, com informações bem expostas e chamando a atenção dos consumidores.

Com base nas regras que falamos anteriormente, use hashtags, as listas de contatos e crie promoções para atrair o público para a loja online. Aproveite a potencialidade das redes sociais de todas as maneiras e, inclusive, formalize parcerias.

Capriche no pós-venda

O pós-venda é outro aliado do lojista, principalmente do dono de loja online, que não tem contato físico com os clientes. Como já falamos aqui no blog, este tipo de atendimento é o que faz um cliente voltar a comprar na sua loja.

Por isso, invista em um bom atendimento posterior à venda e tente criar laços com os consumidores. Essa talvez seja a hora de mandar um brinde aos compradores.

Mesmo se o cliente não estiver fazendo a compra de um produto infantil, por que não enviar um brinde que atinja esse público? Não precisa ser algo grande ou caro, basta que você mostre ao consumidor a importância dele para sua empresa.

É possível, também, enviar um cartão de agradecimento ou, ainda, um cupom de desconto. Imagine a felicidade do seu cliente ao receber um “mimo” depois de comprar na sua loja.

Por fim, leia nosso conteúdo sobre as metas SMART e entenda como planejar a sua loja online e equipe para datas especiais e para outros projetos.

Gostou do nosso conteúdo? Nos siga nas redes sociais e acompanhe nossos posts sobre esse e outros assuntos.

Wesley Santana

Jornalista, redator de Tecnologia e pesquisador de Ciberativismo.

Você pode gostar...